Hugo Hoyama rechaça “obrigação”, mas vê Calderano favorito no Pan

Depois de colocar três mesatenistas no pódio dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015, o Brasil chega a Lima, no Peru, como um dos favoritos a medalha de ouro. E entre eles está Hugo Calderano. Primeiro colocado na última edição, o atleta de 22 anos foi bastante elogiado por uma das referências do esporte, Hugo Hoyama.

Durante participação no evento promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro na última quarta-feira, em um restaurante em São Paulo, Hoyama, que atualmente desempenha a função de treinador do time feminino de tênis de mesa, exaltou Calderano e colocou o atleta como favorito ao título no Pan.

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

“Lógico que, até como torcedor, a gente coloca o Calderano como favorito. Mas tem também o Gustavo Tsuboi, que está muito bem. Independente de quem for para Lima tenho certeza que será um time qualificado. Eles tem que estar preparados para lutar com o Hugo pelas medalhas”, disse com exclusividade à Gazeta Esportiva.

Apesar da ciência do favoritismo, Hoyama fez questão de rechaçar qualquer “obrigação” de Calderano. Vale lembrar que o carioca de 22 anos é o único mesatenista das Américas entre os dez melhores do mundo, atual bicampeão da Copa Pan-Americana. e campeão do Campeonato Pan-Americano em 2017, sendo que no ano seguinte acabou não participando.

“Não digo que existe obrigação, não, nem no masculino nem no feminino, com nenhum atleta. Mas confio bastante no Hugo Calderano e acredito que ele vai carregar essa equipe”, finalizou Hugo Hoyama.

Por Mateus Videira* – São Paulo , SP

Fonte: www.gazetaesportiva.com

Tags

top