Com Hugo Hoyama como técnico, seleção feminina é ouro no Pan pela primeira vez

No Campeonato Pan-Americano de tênis de mesa, equipe brasileira bate EUA e leva inédito ouro continental; time masculino confirma favoritismo e vai ao topo do pódio com vitória sobre a Argentina

O Brasil conquistou duas medalhas de ouro no Campeonato Pan-Americano de tênis de mesa, disputado em Cartagena, na Colômbia. A equipe feminina, formada por Bruna Takahashi, Gui Lin e Bruna Alexandre, venceu os EUA na decisão e, pela primeira vez na história, levou o título continental. Já os homens, campeões por equipes dos Jogos Pan-Americanos em 2007/11/15, não contaram com Hugo Calderano, principal nome do país, mas mesmo assim passaram pela Argentina e ficaram com o ouro.

Na decisão feminina, contra os Estados Unidos, equipe que bateu o Brasil na final do Pan de 2015, em Toronto, a seleção abriu os trabalhos com a vitória de Bruna Takahashi sobre a americana Crystal Wang por 3 a 1. Em seguida, Gui Lin passou por Yei Wu por 3 a 2. Os Estados Unidos diminuíram com Grace Yang, que passou por Bruna Alexandre. No quarto duelo, Takahashi fechou o confronto com triunfo sobre Wu por 3 a 2.

O técnico da seleção feminina é Hugo Hoyama, que disputou seis Olimpíadas entre 1992 e 2012 como jogador, e tem dez medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos, entre 1987 e 2011. Ele assumiu o comando do time em 2014.

Entre os homens, Eric Jouti abriu os trabalhos com triunfo sobre Gastón Alto por 3 a 0. Thiago Monteiro fez 3 a 2 em Horacio Cifuentes e deixou o país pertodo título. Quem fechou o confronto foi Vitor Ishiy. O atleta não tomou conhecimento do argentino Pablo Tabachnik e aplicou 3 a 0.

Principal atleta do país e atual campeão pan-americano individual, Hugo Calderano não entrou em ação na competição por equipes, mas é o grande favorito ao título individual, que segue a disputa nesta sexta-feira.

Fonte: Globo Esporte

Tags

top